Ruy propõe shopping popular para reorganização do espaço urbano no Centro

Por Fonte83 - 26/09/2020

Para reorganizar o espaço urbano do Centro de João Pessoa, o pré-candidato a prefeito Ruy Carneiro anunciou o projeto de construção de um shopping popular nas laterais do viaduto da Avenida Miguel Couto, otimizando a área com um ambiente capaz de abrigar até 600 comerciantes informais. O projeto é fruto do diálogo e uma série de reuniões com os ambulantes e comerciantes na área.

Ruy tem ouvido os pequenos comerciantes sobre a necessidade de incentivo e oportunidades para que possam continuar realizando suas atividades e contribuir com a retomada da economia. Além disso, o pré-candidato também apresentou o projeto à Câmara de Dirigentes Lojistas da Capital (CDL), que o recebeu de forma positiva. A CDL também tem sido convidada a apresentar suas ideias para a dinamização do comércio e da geração de empregos em João Pessoa.

“O viaduto da Miguel Couto é todo aberto no sentido até a prefeitura antiga. O nosso plano é instalar uma cobertura, fazendo um túnel, e colocamos os comerciantes na parte de cima, retirando-os da calçada, de maneira organizada. É uma ideia que traz solução para o problema da ocupação dos espaços por ambulantes, já foi discutida com os lojistas, com os comerciantes informais.

Às vezes é só uma questão de gestão, fazemos uma plataforma, deixamos a calçada livre, eles sobem, fica todo mundo satisfeito e não é caro”, defendeu. De acordo com Ruy, atualmente o Centro está abandonado e precisa de uma reordenação dos espaços, desde o terminal da Lagoa até o Centro Histórico.

Conforme Ruy, o comércio informal em João Pessoa precisa de atenção, tendo em vista que muitos pessoenses estão entrando nesse cenário e precisarão de apoio e incentivo para crescer e, no futuro, ter a oportunidade de se formalizar.

“É preciso encontrar soluções para a ocupação qualitativa do espaço urbano. Vamos dar dignidade a quem ganha a vida e movimenta a economia de João Pessoa. Para mim, o comércio informal não é apenas uma estatística, é uma realidade de pais e mães que precisam garantir o sustento das famílias. Por isso, vou dar condições de trabalho para que os pequenos comerciantes possam ter um ambiente que atraia cliente e que seja adequado”, ressaltou.