Políticos com um olho no gato e outro no peixe

Por Fonte83 - 04/06/2021

Você também tem observado os discursos de alguns políticos dizendo que não é hora de falar em eleição, que é momento de pensar em enfrentar a pandemia do Coronavírus? É, eu tenho! Tenho observado com olhos bem atentos e nem um pouco de crença nisso, confesso.

Sim, eu acredito que estejam todos empenhados em avançar com a vacinação e se livrarem da covid-19. Afinal, quem não está sonhando com o dia em que não precisaremos mais fechar comércio, usar máscara, se distanciar dos que mais amamos? Todos né? Todos mesmo!

Agora, aí a vir acreditar que ninguém está pensando nas eleições de 2022, já é demais, né não? Sinto muito, mas não dá!

Estão sim pensando, planejando, conversando, mas preferem apontar o dedo para quem faz isso às claras. Porque o fato é que nenhum deles que perder assento onde já estão bem acomodados. Os que estão querendo uma vaguinha, por sua vez, sabem que precisam agir com antecedência, ou não terão a menor chance.

E isso não é pecado, não, de jeito nenhum. Se este pensamento vem aliado ao de também brigar por dias melhores de forma séria e honrada, que mal há?

Lutar pelo fim da pandemia pode correr em paralelo com as conversações sobre eleições, sim. Desde que isso ocorra com seriedade e com a plena intenção de manter ou conquistar o assento na Assembleia Legislativa, Câmara Federal, Senado ou Governo do Estado para trabalhar pelo bem comum.

O bem da coletividade deve estar sempre em primeiro lugar e nenhum dos políticos precisa usar esse discurso apenas agora na pandemia, porque isso é necessário em qualquer época da vida.