Polícia inicia busca por mulher que lançou gato para ser atacado e morto por pitbull

Por Fonte83 - 08/10/2019
Clique aqui e escute a notícia

A Polícia Civil já identificou a mulher que lançou um gato para ser atacado e morto por um cachorro da raça pitbull. O fato ocorreu no último domingo (6), no bairro do Geisel, em João Pessoa e foi registrado por câmeras de segurança instaladas na casa onde o cão é criado.

A suspeita tem cerca de 30 anos de idade e reside na mesma rua em que o crime foi praticado. O vídeo que mostra o crime tem circulado nas redes sociais desde o fim de semana. Ele mostra o gato sendo sacudido e mordido até a morte. 

O caso está sendo investigado pela Delegacia do Meio Ambiente de João Pessoa. Segundo a delegada Clea Pereira, diversas diligências vêm sendo  feitas com objetivo de localizar a agressora.  A mulher será enquadrada na prática de maus tratos contra animais, prevista na Lei de Crimes Ambientais. A pena é de três meses a um ano de detenção, sendo agravada em caso de morte do animal atacado. A legislação não prevê pena de prisão para esse tipo de delito.