Operação da polícia tem como alvo grupo criminoso que movimentou mais de R$ 36 milhões em carros roubados na Paraíba

Por Fonte83 - 03/04/2024

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas de João Pessoa (DRFVC) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (3), a “OPERAÇÃO DESMANCHE”, que desarticulou uma organização criminosa especializada em receptação, adulteração de sinal (desmanche) e roubo de veículos.

O grupo já estaria atuando na Paraíba, segundo as investigações, há pelo menos dois anos. E já teria movimentado um valor aproximado de R$ 36 milhões.

A operação contou com apoio da Unidade de Inteligência da Polícia Civil (UNINTELPOL) e com mais de 60 policiais civis, de várias delegacias, para cumprimento simultâneo de 31 mandados judiciais expedidos pela justiça de João Pessoa, sendo 13 mandados de prisão e 18 mandados de busca e apreensão.

Além das equipes da Polícia Civil, participaram da operação: equipes do IPC (perícia nos veículos) e equipes de auditores fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ-PB), que analisaram os principais alvos da operação: sucatas pertencentes aos líderes da organização criminosa.

As investigações da DRFVC tiveram início com uma prisão em flagrante ocorrida em julho de 2023. Após sete meses de investigação, foram identificados 18 membros da organização criminosa, dentre eles os principais líderes e responsáveis pela adulteração de veículos e por roubo a dezenas de veículos nos últimos anos.

A ORCRIM atua em diversas cidades da Paraíba e do estado de Pernambuco e já movimentou mais de 36 milhões de reais em veículos roubados e adulterados.

Um detalhe do crime chama atenção: a quadrilha adquiria veículos de leilões, em péssimo estado de conservação (porém com documentação lícita) e logo em seguida praticava roubo de veículos do mesmo modelo, que recebiam os sinais identificadores dos veículos provenientes de leilão e adquiriam aparência de licitude, sendo reinseridos no comércio. Desta forma, comprovou-se a ligação direta dos crimes de desmanche de veículos com dezenas de roubos ocorridos nos últimos anos nos estados da Paraíba e Pernambuco – principais locais de atuação.

Os mandados foram cumpridos em diversos bairros de João Pessoa, além de Santa Rita e Conde/PB.

Com a conclusão das investigações, a DRFVC espera garantir a responsabilização dos principais membros da organização Criminosa, além de prosseguir nas diligências necessárias à localização de diversos veículos subtraídos pela quadrilha e enviados a outros estados.