Nem Pedro negou tantas vezes

Por Fonte83 - 28/04/2021

Onze vezes.

Onze nãos.

Jair Bolsonaro recusou todas essas ofertas de vacinas, oferecidas por farmacêuticas no último semestre de 2020.

Quantas mortes estes nãos provocaram?

Quantas mais vão provocar?

A imunização tardia – e a conta gotas – nos tirou a única arma efetiva contra o vírus.

Até aqui, apenas 13,5 por cento da população recebeu a primeira dose – só 5,9 por cento recebeu a segunda.

Já sabíamos que Bolsonaro negou vacina aos brasileiros. A Pfizer confirmou oficialmente o não que recebeu em agosto, quando ofereceu um lote de 70 milhões de doses.

A gente só não sabia que ele repetiu a recusa de forma obsessiva.

Essa é uma das primeiras informações ventiladas pela CPI da Covid, instalada hoje no Senado Federal.

Uma investigação que, se produzir resultados, produzirá também a queda de Jair Bolsonaro.

Aqui.

E em Haia.