Gleisi Hoffmann espera Lula solto ‘ainda hoje’; petista planeja ato em frente à PF em Curitiba

Por Fonte83 - 08/11/2019
Clique aqui e escute a notícia

O primeiro ato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao ser libertado será em frente à Polícia Federal em Curitiba. O petista – que deve ser solto após a decisão do STF, tomada na quinta-feira (7), em derrubar a prisão em segunda instância -, quer cumprimentar e prestar uma homenagem aos participantes da vigília que permaneceu no local por um ano e sete meses. Dirigentes do PT também planejam um comício em São Paulo ou em São Bernardo do Campo. 

Em uma rede social, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que a expectativa é que o presidente seja solto ainda nesta sexta-feira. “A defesa já pediu a soltura imediata de Lula e estamos entrando para conversar com ele. Esperamos que ainda hoje Lula esteja na vigília #LulaLivre, abraçando e agradecendo todos que durante estes 580 dias ficaram ao seu lado, no maior exemplo de solidariedade e resistência”, afirmou.

A defesa de Lula solicitou nesta sexta-feira (8) a soltura imediata do petista à Vara de Execução Penal de Curitiba. “Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de “lawfare”, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política”, informou o advogado Cristiano Zanin Martins.