Justiça revoga cautelar e ex-dirigentes do Botafogo-PB podem ir a jogos e sede do clube

Por Fonte83 - 02/04/2020

Após mais de dois anos cumprindo medidas cautelares, agora todos os ex-dirigentes do Botafogo-PB que são réus de processos oriundos da Operação Cartola podem , enfim, voltar aos estádios e comparecer à sede do clube.

 Nessa terça-feira, o juiz da 4ª Vara Criminal de João Pessoa, André Guedes, liberou o ex-presidente do clube, Zezinho Botafogo, o ex-vice de futebol, Breno Morais, o ex-vice-presidente, Guilherme Novinho, e o ex-vice jurídico, Alexandre Cavalcanti, da última medida cautelar que ainda estava imposta aos réus.

O MP argumentou que pelo menos esses três acusados estavam descumprindo a única medida cautelar em vigor, que era justamente a de não comparecer a entidades esportivas. Um dos indícios apontados pelo MP foi o churrasco entre os réus e jogadores – do atual elenco – e funcionários do clube, que acabou pegando mal na atual diretoria botafoguense e incomodando dirigentes atuais.