Justiça para Gefferson: Julian Lemos não vai deixar essa morte impune

Por Fonte83 - 18/03/2021

Uma morte ainda inexplicada pelas autoridades policiais de Sergipe e que faz a Paraíba gritar por justiça. Gefferson de Moura Gomes foi assassinado. Isso já está bem claro para todos. Agora é hora de punir os culpados, porque um homem de bem não pode ser esquecido e sua partida de forma tão obscura tem que ser entendida.

Quem já está arregaçando as mangas para que esse crime não fique impune é o deputado federal Julian Lemos. E, para isso, ele vai usar todas as armas do bem as quais ele tem ao seu alcance.

Julian vai lutar pela federalização do caso. Só assim ele acredita que a investigação poderá ser feita de uma maneira que leve até as respostas corretas. Não que nossa polícia paraibana não tenha competência para tal, mas o fato envolve outras autoridades que não são da nossa terra e precisa ir mais além.

O deputado vai liderar a comissão de frente que trará a justiça agora clamada pela família, pelos amigos e por toda a Paraíba que não pode abrir precedentes para casos assim. Ele mostrará que seu mandato é do povo em toda e qualquer circunstância e não medirá esforços para encontrar a verdade.

Quanto a Gefferson, ele iria cuidar do pai, que está com covid-19, em Cajazeiras, quando, segundo a polícia de Sergipe, se deparou com uma operação da Polícia Civil no caminho, que estaria buscando suspeitos de assalto.

A justificativa da polícia sergipana é que ele estaria armado e teria reagido, o que teria dado início a um tiroteio. Ora, como alguém que vai cuidar do pai doente teria a mínima intenção de reagir a uma operação policial? Nem de longe é possível cogitar algo assim!

Quem com o coração tão grande a ponto de deixar tudo para espalhar amor a seu ‘velho’ teria encarado policiais altamente armados e trabalhando em conjunto?

As respostas, não tenho dúvidas, serão respondidas logo. Para isso, Julian Lemos não descansará.