Irã lança ataque com drones e mísseis contra o território israelense

Por Fonte83 - 14/04/2024

O Irã lançou um ataque com mais de 200 drones e mísseis contra Israel neste sábado (13). As aeronaves não tripuladas foram interceptadas pelas forças de defesa do país, com o apoio dos Estados Unidos.

Em um pronunciamento oficial, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que os israelenses estão “preparados para ataques diretos”. E avisou: “Quem ferir Israel também será ferido”.

O presidente norte-americano Joe Biden, por sua vez, interrompeu uma viagem pessoal para retornar à Casa Branca, de onde monitorou a situação.

Após a ofensiva, a Missão do Irã nas Nações Unidas (ONU), em Nova York, afirmou que a questão com Israel “pode ser considerada concluída”.

Mas ameaçou atacar novamente se os israelenses reagirem. “Caso o regime isralense cometa outro erro, a resposta do Irã será consideravelmente mais severa.”

O secretário-geral da ONU também se pronunciou. António Guterres condenou o ataque e disse estar “alarmado”.

“Peço a todas as partes que exerçam a máxima contenção para evitar qualquer ação que possa levar a grandes confrontos militares em múltiplas frentes no Médio Oriente”, disse.

A tensão na região aumentou após o bombardeio ao consulado do Irã em Damasco, na Síria, no último dia 1º. A investida, atribuída pelos dois países a Israel, deixou ao menos oito mortos.