Corpo de enfermeiro paraibano é enterrado às pressas e com caixão lacrado

Por Fonte83 - 02/04/2020

O corpo do enfermeiro paraibano Idalgo Moura dos Santos, 45 anos, foi sepultado às pressas nessa quarta-feira, (01), em São Paulo.

Idalgo era irmão da jornalista paraibana Mafalda Moura, nasceu em São José de Espinharas na região de Patos, mas morava na capital paulista há 25 anos. Ele estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Municipal de Tatuapé, em São Paulo, mesmo local onde trabalhava, não resistiu e morreu.

Por recomendação do Ministério da Saúde e da Agência de Vigilância Sanitária, em mortes por suspeita de Covid-19, o corpo do paraibano teve que ser enterrado às pressas e em um caixão lacrado, com a presença de poucos familiares.

O resultado do exame que vai atestar se a causa da morte foi em decorrência do Coronavírus deve sair na próxima semana.