Conselho da ONU: Brasil terá como prioridades defesa da estrutura familiar e exclusão de gênero

Por Fonte 83 com Agência Brasil - 11/07/2019
Clique aqui e escute a notícia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (11), através de publicação na rede social Twitter, que as prioridades a serem apresentadas pelo seu governo na candidatura do Brasil à reeleição no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas serão o fortalecimento das estruturas familiares e a exclusão das menções de gênero.

O Brasil foi eleito em 2016 para um mandato de três anos, iniciado em 1º de janeiro de 2017. Criado em 2006, o conselho tem o objetivo de reforçar a promoção e a proteção dos direitos humanos pelo mundo, debater violações e fazer recomendações aos países.

As eleições ocorrerão em outubro, durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).