Até que enfim, Bruno Cunha Lima acertou uma – Por Fabiano Gomes

Por Fabiano Gomes - 26/04/2024

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, tomou esta semana uma decisão estratégica muito importante para sua difícil campanha à reeleição.  Livrou-se de uma equipe de marketing amadora e equivocada, que conseguia desunir e desagradar até mesmo sua equipe de assessores mais próximos. E contratou  a consultoria do sociólogo Antônio Lavareda para toda a pré-campanha eleitoral.

Bruno deu uma dentro, talvez a primeira, mas seguramente a mais certeira.  Lavareda é reconhecido e respeitado como um dos que mais entendem de campanha eleitoral no País. Já prestou ou presta consultoria a presidentes da República, ministros de Estado, governadores e grandes empresários.

O clima entre a própria equipe de Bruno já é outro. Saiu a arrogância, que apenas camuflava a inexperiência e a mediocridade. Chegou a chance de cooperação e de trabalho conjunto. No outro lado, o ex-prefeito Romero continua na dubiedade de seu silêncio, sem definir nem mesmo se será candidato ou não.  

A preços de hoje, Romero teria uma vitória cômoda  e consagradora,  mas há sinais cada vez mais evidentes de reação da parte de Bruno Cunha Lima. 

Já que Campina viverá a consultoria de Lavareda, vale a pena lembrar o que ele escreveu  sobre a campanha de Roberto Paulino nas eleiçoes estaduais na Paraíba, em  2.002: Paulino fez tudo o que podia para perder as eleições. Conseguiu. Não  se sabe se Romero quer imitar o ex-governador. 

Mas, uma coisa é certa: ele gosta de riscos. Tanto que hoje já é possível garantir que, em Campina, pode até haver passeio. Mas já não será tão tranquilo como se presumia.