A adesão do PMDB no segundo turno de 2014

A adesão do PMDB no segundo turno de 2014. Na denúncia do MPPB, de acordo com Daniel Gomes, um dos repasses feitos foi parcialmente utilizado para uma suposta compra do PMDB, no 2º turno da campanha eleitoral, que permitiria o réu Ricardo Coutinho se mantivesse no poder. “Ainda de acordo com Daniel Gomes (Anexo 08), o repasse foi, parcialmente, utilizado para uma suposta compra do apoio do PMDB, na campanha eleitoral de 2014, no segundo turno que permitiria que o réu Ricardo Coutinho se mantivesse no poder”.

Por Fonte83 - 14/01/2020