TJPB mantém prisão domiciliar de denunciado na ‘Operação Papel Timbrado’

Por Fonte83 - 16/05/2019
Clique aqui e escute a notícia

O empresário de Mulungu, Adonis de Aquino Sales Júnior, teve um pedido de habeas copus negado, por unanimidade, pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba. Ele é um dos denunciados na ‘Operação Papel Timbrado’ e cumpre prisão cautelar domiciliar, pelos supostos crimes de licitações. O relator do HC foi o desembargador Ricardo Vital de Almeida, presidente do Colegiado. Seu voto foi proferido durante a sessão de julgamento desta quinta-feira (16), em harmonia com o parecer do Ministério Público da Paraíba (MPPB). 

As investigações da Operação Papel Timbrado iniciaram em 2014, objetivando apurar a comercialização ilegal de “kits de licitação”, boletins de medição e até notas fiscais, no intuito de fraudar licitações e contratos junto aos municípios paraibanos. Além de Adonis de Aquino Sales Júnior, foram denunciados pelo MPPB na operação mais 14 pessoas, dentre elas a ex-prefeita do Conde, Tatiana Lundgren Corrêa de Oliveira.