“Não lembro desse cara”, diz Bolsonaro sobre vizinho suspeito de matar Marielle

Por Folha - 13/03/2019
Clique aqui e escute a notícia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (13) não se lembrar de policial reformado Ronnie Lessa, preso sob suspeita de matar a vereadora Marielle Franco. Lessa tem uma casa na mesma rua da casa de Bolsonaro em um condomínio fechado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“Não lembro dessa cara. Meu condomínio tem 150 casas”, afirmou. Bolsonaro afirmou que há outras pessoas que já foram presas em seu condomínio, incluindo uma mulher por tráfico internacional de droga.